Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

JOÃO ALBERTO TALAYER é sociólogo e psicoanalista. Gaúcho, de Santa Vitória do Palmar, vive e trabalha em Málaga – Andalucia – Espanha.
Site: www.escolaterapias.com

 


Leia outras colunas



Modelo Parasitário Chino de Expansão Econômica

sexta-feira, 15 de Abril de 2011 | 11:19

A crise que assola a España está deixando até os mais destacados politicos e economistas em total paranóia. E o pior é que estão colocando a culpa em todos os imigrantes e todo mundo sabe que sem eles a España não teria o desenvolvimento que tem.

Vejam a teoría econômica do Diretor de CEPADE, o renomado economista e professor D. Julián Pavón que tem um grande curriculun e é bom ler para ver que se trata de un estudioso: Doctor Ingeniero Industrial por la Universidad Politécnica de Madrid y Postdoctoral Degree por la Universidad de California - Los Angeles (UCLA). Licenciado en Ciencias Económicas y Licenciado en Ciencias Sociales por la Universidad Complutense de Madrid.

Catedrático del Departamento de Ingeniería de Organización, Administración de Empresas y Estadística de la E.T.S. de Ingenieros Industriales de la Universidad Politécnica de Madrid. Directivo experto en Gestión de la Innovación y Tecnología participó en la fundación del Centro para el Desarrollo Tecnológico e Industrial del Ministerio de Industria como Subdirector General. Ha colaborado con el Banco Mundial y con diversos organismos nacionales e internacionales como Asesor Experto en materia de Innovación y Tecnología.

 

Bem vamos ver sua tese:

 

http://www.youtube.com/watch?v=zbbhNGNLDRg

 

Antes tinha un nome mais simples, colonização, e estes Españois eram mestres nessa técnica que consistia em chegar num território qualquer, matar ou escravizar as civilizações primitivas e pegar o ouro. Simples e direto sem intermediarios.

Depois outro modelo foi o FMI, nome ainda mais curto, este modelo consistia em emprestar dinheiro aos paises pobres e depois de endividados tinham que acatar os "pacotes economicos" que eles queriam, isto é, se adonavam do pais.

Depois o modelo "na marra" que consiste em inventar uma mentira sobre armas nucleares, vai lá bombardeia e fica com toda a riquesa ou dominio sobre o território, alias petróleo, bueno dá no mesmo.

Agora segundo Don Julián Pavón o sistema é o Modelo Parasitario Chino de Expanção Economica. Como ele mesmo nos ensina en sua breve palestra.

Aqui na España, como também deve ser no Brasil, tem muitas lojas chinesas que vendem de tudo e tudo muito baratinho.

Ficam abertos 16 horas por dia e trabalham sábados e domingos. É a nossa salvação para comprar alguma coisa no fim de semana ou em horas que o comercio está fechado. Além, é claro, de ir no horário normal porque ali tudo é mais barato.

E os chineses te atendem com aquele sorriso de orelha a orelha, muito simpáticos e atenciosos. Geralmente estão com seu filhinho pequeno no colo, aqui eles fazem muitos filhos. Os caras trabalham muito!!! E tudo dentro da lei do livre comércio, não fazem mal a ninguém.

Adoro los chinos!!!!

Meu querido amigo Nerino, que faz parte da minha familia por laços de amor, agora meu vizinho de blog poderá nos explicar melhor já que ele é Mestre nestes assuntos de economia.

TUDO QUE FAZES DE MAL UM DIA SE VOLTA CONTRA TI.

Abraços e muita luz.


Escrito por João Alberto Talayer

Comentários (0) | Indicar um amigo


Desnudando a Espanha

sexta-feira, 30 de Julho de 2010 | 15:34

Quando cheguei a Barcelona no natal de 2005 para ministrar um curso de Terapia Regressiva Integral, era minha primeira viajen ao solo europeu, pensei estar chegando num país de primeiro mundo com muito desenvolvimento em todas as áreas do conhecimento.

Com o tempo fui vendo que a coisa não era bem assim, tem muita qualidade de vida em alguns aspectos como segurança e transportes públicos, saúde física e respeito às normas e direitos do cidadão comum, as leis são cumpridas com todo o rigor. Mas em outros aspectos deixa a desejar e muito como na saúde psiquica do cidadão que é a minha área específica de atuação.

Vamos lá, em 2006 ou 2007 a prefeitura de Barcelona lançou uma campanha publicitária en toda a cidade com o titulo DEPRESIÓN TIENE CURA! e abaixo PROCURE SU MÉDICO, como se a depressão fosse uma praga terrível, e não é que era.

Os dados estatísticos de 2005 mostravam que as pessoas que morriam com menos de 45 anos o maior numero era por suicídio, segundados pelas mortes por acidentes de carro que antes era imbatível como causa primeira. E esses números são alarmante já que a causa pela qual a pessoa resolve acabar com sua vida é justamente a depressão.

Numa população de 8.202.220 temos segundo dados do próprio governo catalã " El 40 por ciento de las cerca de 400.000 personas mayores de 18 años que sufren depresión en Cataluña no acude al sistema sanitario, y de las que sí lo hacen prácticamente la mitad presenta trastornos mayores y recurrentes, según datos dados a conocer hoy por el departamento de Salud de la Generalitat sobre el coste y la carga que representa la depresión en la comunidad."

E porque isso? Que é que provoca tanta depressão a essa gente que vive com uma qualidade de vida muito boa? Os SENTIMENTOS, é isso mesmo que você leu, falta de sentimentos, as pessoas não falam desde seu coração, não existe comunicação desde sua alma, não mostram seus sentimentos. E porque não mostram seus sentimentos? Porque não os conhece. Quando chega um paciente em meu consultório e pergunto por que veio a consulta sempre diz: " Por qué estoy mal" e peço que procure perceber que é que o faz sentir mal e ele não sabe, pergunto qual é o sentimento que o faz sentir assim e ele não sabe. Estar mal é um leque de sentimentos que uma pessoa possa ter, entre eles é a frustração, insegurança, medos, raiva, culpa, pessimismo, indignação, tensão, ansiedade e muitos outros. E o cara não sabe. A explicação é que em sua casa nunca se fala de sentimentos e comovai ele saber disso, agora adulto é que está se deparando com esse tal de sentimento que tanto mal causa.

Aqui toda pessoa tem seu médico de cabeceira ou família, você vai ao posto de saúde de seu bairro e sempre é atendido pelo mesmo médico, que tem seu histórico clínico e assim ele pode curar o que está ao alcance do seu conhecimento, ou encaminha você para o especialista adequado.

No caso da depressão, o psiquiatra, quando você chega lá o médico psiquiatra escuta você 5 minutos(não é só no Brasil não gente) e receita uns 10 medicamentos antidepressivos. Você volta para casa e começa a se entupir de fluoxetina, inibidor da serotonina, o que acontece é que com o efeito dessa droga você não tem vontade de nada e fica atirado no sofá ou na cama vegetando, quer dizer: o Dr. Psiquiatra está te matando!!! Por isso é que os 40% de deprimidos nem procuram o sistema sanitário. Cuidado! Em muitos casos é detotal necessidade o medicamento.

O que um paciente com depressão necessita é um tratamento psicológico adequado ao seu transtorno psíquico. E aí se depara com outra dificuldade do sistema de saúde que é a psicologia española.

Mas isso é papo para outro dia.

Obrigado por seu tempo, um abraço e muita luz!

 


Escrito por João Alberto Talayer

Comentários (1) | Indicar um amigo


  1-2-3-4-5  

^ topo

QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados