Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

Alberto Amaral Alfaro
Advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.


Leia outras colunas



Eder Rabello Nunes, o Filósofo do Concretismo e o Reveillon de 2014.

quinta-feira, 02 de Janeiro de 2014 | 12:21

Neste 31 de dezembro de 2013, tenho compromisso de coluna com o meu WWW.blogdoalfaro.com.br e com a Folha Gaúcha, e todos que escrevem desejam sair do lugar comum dos textos de finais de ano, que geralmente tratam de: Retrospectiva; Os melhores do Ano; Perspectivas, etc. Idealizei inicialmente uma crônica tendo como base o discurso da Presidente Dilma Rousseff, onde Ela tangenciou espertamente todas as crises que enfrentamos, tratando-as como: “alguns problemas localizados, já equilibrados que garantem a tranqüilidade do planejamento das famílias e das empresas”, desisti para não comprometer o meu fígado e os dos que me lêem.

No final da manhã na nossa Empresa, na tradicional troca de cumprimentos, fui surpreendido com votos até então nunca recebidos, nosso Gerente Comercial e Amigo, Eder Rabello Nunes, desejou-me que tivesse felicidades nos “Três S’s”. A única expressão parecida que havia experimentado na minha vida até então eram os “Cinco S’s” que adotávamos nos cursos e treinamentos do SENAI, reproduzindo o que os programas de qualidade japoneses preconizavam, desde a década de 50. Não era, tratava-se de uma tirada, de uma criação no querido colega de trabalho, muito, prático, objetivo e também muito espirituoso, qualidades fundamentais para que os executivos tenham sucesso. Pois bem, aí veio a explicação sobre os tais Três S’s: “Saúde, Sexo e $”, argumentando de forma firme e convicta de que se esses três aspectos estiverem equilibrados e resolvidos, todo o resto de problemas que aparecerem são fichinha, encontrarão um individuo pronto a enfrentá-los e vencê-los com disposição e energia. Em contrapartida, qualquer situação de desequilíbrio em algum dos itens apontados é infelicidade e desestruturação física e emocional na certa.

Este desafronto do Eder em pensar e propor é característica básica aos que querem ser protagonistas, aos que querem dar um sentido maior a difícil arte de viver. Vejam, até na definição do seu nome após o casamento com Sabine, inovaram, Ele assumiu o Nunes dela, e Ela assumiu o Rabello dele, ficaram: Sabine Abel Nunes Rabello e Eder de Oliveira Rabello Nunes.

Portanto, ao denominá-lo de “Filósofo do Concretismo”, movimento de vanguarda surgido na Europa em 1945, que defendia a racionalidade e rejeitava o acaso e a abstração lírica e aleatória, desejo estar homenageando ao Eder e a todos que repudiam a mesmice e que valorosamente se atrevem a criar. Desejo que o Reveillon seja de encontro, amor e paz, e que 2014 seja repleto de novos e bons motivos para viver.


Escrito por Alberto Amaral Alfaro

Comentários (0) | Indicar um amigo


QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados