Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

Prof. Nerino Dionello Piotto
Articulista Econômico - Empresário ramo imobiliário - Aposentado do Banco Central do Brasil.


Leia outras colunas



CASSINO, VERÃO 2014 ADMINISTRAÇÃO POR ESPASMO TESTA LIMITES

quarta-feira, 08 de Janeiro de 2014 | 12:26

O brasileiro é tido como boa gente, povo cordato, não muito chegado a reclamos, mas, como tudo na vida, há um limite. E os limites da população cassinense estão sendo testados. Como todos sabemos, ou deveríamos saber, no bairro balneário vivem mais pessoas o ano todo do que em muitas cidades tupiniquins. E, nos verões, há cem anos a história se repete, a população se multiplica...sempre igual.

Difícil de se prever as necessidades? Complicado de se arranjar alguém qualificado para tal?

Há um profissional chamado de Administrador, oriundo do bacharelado em Administração, que é o curso, segundo o último Censo da Educação Superior, divulgado pelo Ministério da Educação ( MEC ) em 2011, com maior número de formandos a cada ano.

No RS há ótimas faculdades de administração, sendo duas figurantes dentre as coroadas com cinco estrelas no ranking nacional: Sta. Maria ( UFSM ) e Urguis ( UFRS ).

A FURG tem um excelente curso aqui bem pertinho. E forma profissionais de excelente nível. E os salários iniciais não são de assustar ninguém, muito menos uma Prefeitura: segundo o Conselho Federal de Administração – fonte confiável – gira em torno de R$2.000,00.

A esse profissional cabe o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O Administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do dia a dia de uma entidade/empresa. Uma SEC, por exemplo, não seria muito complexa a um “trainee” da FURG, podem apostar.

Mas, mesmo tendo o remédio para as mazelas cassinenses e ..vamos lá, papareias em geral, ao alcance da mão, teimamos em reinventar a roda.

Durante o ano, não foram poucos os reclamos via redes sociais, de contêineres de lixo – notadamente na Buarque de Macedo – derramando podridão e colocando em risco a saúde dos moradores das redondezas.

Atualmente, no Cassino, de onde escrevo, nem preciso descrever o circo de horrores que se instalou no pedaço. A TV mostrou, a imprensa toda se manifestou sobre. Um espanto!

E...para surpresa geral, o responsável pelo paço cassinense vem a público com uma solução hilariante, empírica, humilhante para os estudantes de Administração que aqui estão em férias e notadamente para os alunos de administração da FURG e para os limites de paciência dos cidadãos. Até as pedras sabem que, nessa época do ano, há maior volume de lixo. Mas, tudo indica, para o administrador do paço foi uma surpresa. E a solução adotada, milagrosa, dantesca, foi nada mais nada menos que o velho e suado....mutirão. Portas arrombadas....

Não merecemos tanto descaso/despreparo. E a economia do bairro sofre barbaridade com as barbaridades! Todos perdemos. Alguém duvida?


Escrito por Nerino Dionello Piotto

Comentários (0) | Indicar um amigo


QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados