Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

Prof. Nerino Dionello Piotto
Articulista Econômico - Empresário ramo imobiliário - Aposentado do Banco Central do Brasil.


Leia outras colunas



PREVIDÊNCIA PRIVADA AFINAL, É OU NÃO É UMA BOA?

terça-feira, 22 de Abril de 2014 | 09:34

Nós, brasileiros, no geral, somos imediatistas. No ano passado, 2013, o setor de planos de previdência privada cresceu pouco, apenas 4,5%.

Como nos 7 anos anteriores a 2013 a expansão média foi de 20% e...Com o péssimo hábito que temos de olhar todo o mês o rendimento , muita gente se assustou com as perdas e sacou os recursos, realizando ou amargando prejuízos irrecuperáveis.

Mas teve gente que manteve o foco no longo prazo, entendendo que no geral as volatilidades, como as turbulências, são passageiras e.... não se arrependeu.

Este ano o setor espera recuperar o fôlego. Ah! Tá. Mas... como escolher o melhor plano?

Primeiro, temos de ter em mente que o plano de previdência é uma poupança para nossas aposentadorias. E, dependendo do perfil de cada um, que oscila entre conservador e arrojado, podemos escolher basicamente entre dois planos; e, dentro deles, várias composições.

O PGBL e o VGBL. Parece sopa de letras mas não é tão complicado. A principal diferença entre os dois é o tratamento fiscal.

No PGBL é possível deduzir na declaração do Imposto de Renda as contribuições feitas ao plano até o limite de 12% da renda bruta anual. Mas...quando do resgate, o montante total ( valor investido mais rendimento ) será tributado na fonte.

Já o VGBL não tem essa vantagem de dedução do valor de IR na declaração de ajuste , pois o IR só é cobrado quando ocorrer resgate, mas...tão somente sobre o rendimento. Por essa diferença, o VGBL é o mais indicado para quem faz a declaração de ajuste no modelo simplificado.

Só para ter uma idéia, se desejar ter uma renda vitalícia de R$3.000,00/mês após os 60. Se você tiver 40 anos e quiser se aposentar aos 60 anos, com uma poupança depositada no fundo todo o mês de r$2.100,00, ao 60 terá um montante que suportará uma renda vitalícia em torno de R$3.000,00. Se tiver 30 anos, basta começar aplicando mensalmente em um fundo R$950,00 para chegar ao mesmo valor. Se tiver 20 anos, com R$485,00/mês também consegue o mesmo valor de aposentadoria vitalícia.

Muito complicado? Claro que não. Vale lembrar que os fundos que aplicam em títulos prefixados de longo prazo tendem a ser mais vantajosos e mais seguros. Em nenhum lugar do mundo se remunera tão bem como no Brasil. Ex: uma Nota do Tesouro Nacional ( NTN ) com vencimento em 2035 tem taxa de 6,72% ao ano mais a inflação. Para efeito comparativo, com juro de 6% ao ano é possível dobrar o capital em 12 anos. Se estiver a fim...é uma boa!!!

Procure um gerente de banco experiente. E...boa sorte!

Economista*


Escrito por Nerino Dionello Piotto

Comentários (0) | Indicar um amigo


QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados