Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

Prof. Nerino Dionello Piotto
Articulista Econômico - Empresário ramo imobiliário - Aposentado do Banco Central do Brasil.


Leia outras colunas



GOLS DOS BRASILEIROS – A FAVOR E CONTRA

terça-feira, 17 de Junho de 2014 | 15:05

Tenho domicílios em Ipanema, no Rio, e no Cassino, em Rio Grande. Tenho o hábito de caminhar pela manhã e tomar água de coco. Fui a um banheiro público no calçadão, onde haviam muitos holandeses; a moça que guarda a entrada dos banheiros me falou: “dois reais”. Antes que eu respondesse, um argentino, em portunhol, gritou: “não, aqui idoso não paga!”. E me disse, em inglês ( sou muito branco, quiçá me confundiu com um holandês ) , que eu ficasse alerta, por que “aqui querem ganhar sempre “. Fiquei com vergonha. Gol contra!

Meu genro, Nilton Tellian, foi a Porto Alegre para os jogos. Achou “beleza” ( ele é paulista ) a organização gaúcha. Adorou a hospitalidade e as placas indicativas ( inclusive em inglês ) e dos atendimentos no aeroporto e no entorno do Beira-Rio. Bilíngüe. Gol a favor!

Maioria dos turistas decidiu se hospedar no Rio e viajar para os jogos. O Galeão ( rodoviária piorada ), perdeu o último posto. Turistas que foram a Fortaleza encontraram caos generalizado para se pegar taxi, preços absurdos ( idem aqui no Rio ) e folheto em inglês que diz ao turista para telefonar em caso de dúvida, mas...sem o número do telefone! Gol contra!

No Rio, um alemão tentou chegar ao Pão de Açúcar perguntando na rua como chegar. Um carioca o levou ao super mercado Pão de Açúcar. Comprou uma água e ficou surpreso que haviam caixas para idosos. “Em Berlim não tem isso”. Alguém na rua o levou até o ponto do ônibus para a Urca/Pão de Açúcar. Solidariedade e gentileza cariocas! Gol a favor!

Tenho uma sobrinha ( Dani Trevisol ) a quem eu sempre dizia que, quem consegue andar em Rio Grande/Cassino acha fácil andar no Rio e, se for a um país desenvolvido, vai achar uma barbada se orientar. Ela foi morar na Austrália. Ficou encantada com a organização, que aqui, lamentavelmente, só temos pontualmente. E nossa baixa auto-estima? Uma ex-colega de Brasília/BCB, leitora do “blogdoalfaro”, a jornalista e escritora Marilia Mota - hoje morando em Washington, EEUU, me escreveu e-mail: Nerino: “ Estou tão indignada! Sabia que a FIFA é uma associação extremamente corrupta e autoritária, mas o Brasil se abaixou demais, demais, demais. Imagino o que o Nelson Rodrigues diria. Complexo de vira-lata seria elogio.” Referia-se a corte feito pela FIFA ( e por nós permitido ) no tempo de apresentação - na pífia abertura - de tecnologia inédita tupiniquim ( o exosqueleto , criação do Nicolelis, que possibilita aos paraplégicos – com o poder da mente, se movimentarem. Gol contra!

O meu desprezo aos governantes e políticos que só pensam em cargos e vantagens, transformam tudo em “balcões de negócio”, cedem em nome da governabilidade e delegam ao povo tarefas que são suas. Em favor dos “negócios” o Brasil cedeu à FIFA e retrocedeu em um de seus maiores avanços: a proibição de venda de bebida alcoólica dentro dos estádios. O que é mais importante aos governantes? Os negócios? A vida/segurança das pessoas? Baita Gol contra!

Pensem nisso.

Economista*


Escrito por Nerino Dionello Piotto

Comentários (0) | Indicar um amigo


QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados