Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

Ricardo Farias Carvalho, é Psicólogo formado em teoria psicinalítica e suas aplicações psicoterapeuticas e com especialização em Psicologia Clínica e Psicoterapia cognitivo e comportamental. Atende na Rua Dezenove de Fevereiro, 593/301 – Fones: (53) 3232-4677 e 8437-1066/8166-6324 – E.mail: ricardof.carvalho@uol.com.br.


Leia outras colunas



ESTALO DA MATURIDADE

quarta-feira, 06 de Abril de 2016 | 16:25

O título á um empréstimo derivado de uma conversa com um pai. Preocupado. Muito preocupado com o futuro dos filhos adolescentes. Todas as condições pertinentes á  fase, somadas á  atual situação contemporãnea, sem dúvida, são fontes constantes de ansiedades. Como ele, outros tantos.

Educar, evidentemente, á um longo processo. Dia após dia, vamos através das palavras e, principalmente das ações, exemplos, sedimentando um alicerce imperativo. Ao mesmo tempo que propiciamos inúmeras condições possíveis e imagináveis, queremos um retorno. Esse é um passaporte para uma estabilidade interna e externa de ambas as partes. Segurança, no meio de tantas outras necessidades, em condições normais, é geradora de paz ou de um ponto de equilíbrio. Esperar, como costumamos dizer, não é nada fácil. Haja paciência no sentido de aguardarmos tanto os resultados desejáveis. De modo paradoxal, quanto mais olhamos o relógio do tempo, temos a sensação de que a demora é infinitamente maior. Em determinados momentos, chegamos a questionar se todos os ensinamentos foram suficientes para alavancarem definições. Os filhos, por sua vez, em tese, parecem não se importar da mesma forma ou intensidade. Tudo é fácil, amanhã dará certo, não te preocupa, a tua realidade é diferente da minha, são algumas colocações que tocam negativamente na nossa alma. Ficamos desconfiados. Será? No meio das incertezas, ainda temos de desempenhar o papel de atores dando a entender que confiamos "plenamente" nas ditas palavras. Afinal, criar descrenças não é nada interessante no que tange á autoestima.

Uma das perguntas básicas é quando haverá efetivamente uma mudança. Nesse ponto, já abandonamos o desejo de termos uma chave de fenda fantasiada que ajuste o tal parafuso do tempo. A realidade é, portanto, inegável. Os filhos crescem e, observando comparativamente a geração passada, temos um verdadeiro horror. Destarte, refletimos se os dados da supracitada realidade são tão difíceis a tal ponto de justificarem o quadro de "inércia". Intermináveis questionamentos....

Que bom seria se tivéssemos um biológico, um cérebro que, com uma precisão matemática, estabelecesse o dia e a hora de alguém atingir a maturidade. Seria. Esse processo é altamente relativo. Depende. Como exemplo, crises, dificuldades financeiras, necessidades das mais variadas ordens, podem dar o tão esperado empurrãozinho ou gerar o ruído repentino que envolve compreensões generalizadas e, consequentemente, ações. Querer está associado a perseverar. Verbos que, se não são sinônimos, são parentes. Como é fascinante olharmos uma criança dando os seus primeiros passos, superando os obstáculos e desafiando os medos. Com os nossos jovens é parecido. Num belo dia, quando menos esperamos, de uma maneira silenciosa, se estabelece uma "plenitude do desenvolvimento" ou o tão desejado "estalo". Em suma, começam os movimentos iniciais objetivando uma longa caminhada intitulada de vida.


Escrito por Ricardo Carvalho

Comentários (0) | Indicar um amigo


QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados